Um acordo entre a Confederação Nacional dos Pescadores (CNPA) e o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) vai destravar a liberação do seguro defeso para pescadores de todo o Brasil.

A partir de agora, nos post do INSS, onde é dada a entrada dos documentos dos pescadores para obter o seguro-defeso, não será necessária a confirmação dos dados do Cadastro Específico do INSS (CEI).

A medida beneficiará milhares de pescadores que estão com o benefício suspenso porque o INSS não consegue validar os dados do CEI. O acordo começou a valer desde quinta-feira, nos postos do INSS de todo o País.

<< Matéria anteriorTransação de terrenos na gestão do PT pode gerar improbidade Administrativa
Próxima matéria>>Ministério Público vai investigar nepotismo na prefeitura de Sena Madureira