Mais uma morte por covid-19 e 458 novos casos nas últimas 24 horas, o estado contabiliza agora 1.980 óbitos e 122.518 casos desde a chegada da pandemia. A vítima é um aposentado riobranquense que tinha 70 anos, que faleceu na noite da última sexta-feira (dia 4) no Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia do Acre (INTO-AC).

O boletim epidemiológico divulgado pelo Departamento de Vigilância em Saúde (DVS), aponta que 26 pacientes continuam internados por conta das complicações clínicas, mas a ocupação dos leitos de UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) chega em torno de 12 pessoas, que corresponde por 40%. Foram notificados 316.936 casos suspeitos, mas 194.401 casos descartados porque a sorologia deu negativo para covid-19.

Acre desponta como o único estado do país que sinaliza o aumento da incidência da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), segundo o Boletim Infogripe da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) que levou em conta os indicadores dos dias 20 a 28 de fevereiro deste ano. De acordo com o levantamento, a capital acreana aparece com crescimento na tendência de longo prazo nas últimas seis semanas, enquanto na tendência de curto prazo nas últimas três semanas, despontam a cidade de Boa Vista, capital do estado de Roraima; Natal, capital do Rio Grande do Norte; Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul; Rio de Janeiro, capital do Rio de Janeiro e São Paulo, capital de São Paulo. Os demais Estados já deram sinais de queda com base nos indicadores das últimas seis semanas, segundo os dados divulgados pela Fiocruz.

<< Matéria anteriorMensagem da Deputada Federal Vanda Milani em homenagem ao Dia Internacional da Mulher.
Próxima matéria>>Deputada Vanda Milani divulga mensagem especial ao Dia Internacional da Mulher