No início de 2022, o Acre começou a enfrentar a terceira onda de Covid-19, com a variante ômicron, em que seis óbitos foram registrados até o Boletim desta quarta-feira (26). Em 1 de janeiro, o Boletim Sesacre apontou 1.851 mortes pela doença em todo o Estado, em 24 dias, este número aumentou para 1.860, em decorrência da nova onda da doença.

Estes óbitos foram M.S.O.M, de 42 anos, morador de Porto Walter; T.B.N, de 96 anos, morador de Feijó; J.G.C, de 77 anos, morador de Feijó; M.D.T, 51 anos, natural de Acrelândia; J.S.N, de 68 anos, natural de Rio Branco e W.J.M, de 85 anos, natural de Rio Branco.

A.B.C, de 91 anos, natural de Rio Branco deu entrada no Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into-AC) em 19 de janeiro de 2022.

J.M.N, de 47 anos, natural de Rio Branco deu entrada no Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb) em 25 de janeiro de 2022.

F.M.B, de 94 anos, natural de Rio Branco deu entrada no Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into-AC) em 16 de janeiro de 2022.

Sobre os casos de covid-19 no estado, acesse:

BOLETIM_AC_COVID_26_01_2022_PARCIAL

Sobre a ocupação de leitos no estado, acesse:

http://covid19.ac.gov.br/monitoramento/leitos

Rio Branco – AC, 26 de janeiro de 2022.

Secretaria de Estado de Saúde do Acre

<< Matéria anteriorIdosos acima de 90 anos são novas vítimas da Covid-19 no AC; Sesacre notifica 938 casos nesta quarta
Próxima matéria>>Saúde garante financiamento de 14 mil leitos de UTI até início de março