img_7678Beneficiários que receberam bolsa família de forma irregular terão que devolver os valores recebidos e ainda podem ser responsabilizados cível e criminalmente, de acordo com o procurados da República Ricardo lagos, do Ministério Público Federal (MPF)do acre.

Em entrevista, o Procurador explicou quem deve ser responsabilizado pela a fraude no programa Federal, e quais as consequências os envolvidos podem sofrer.

<< Matéria anteriorFraudadores do Bolsa Família terão que devolver R$ 15 milhões no Acre
Próxima matéria>>Mulher é presa na BR 317 com cocaína