O crédito rural concedido aos produtores rurais e cooperativas de produção atingiu mais de R$ 200 bilhões no período de 10 meses, entre julho de 2020 e abril deste ano. O desempenho foi crescente e marca uma elevação de 12% em relação ao mesmo período da safra anterior.

De acordo com o Balanço de Financiamento Agropecuário da Safra 2020/2021, nesse montante também foram contabilizadas as aquisições de Cédulas de Produto Rural (CPRs) e operações com agroindústrias, que somaram R$ 10 bilhões à conta. Porém, o destaque desta safra tem sido para o investimento, que teve aumento de 46% em comparação com a safra passada.

O custeio, a comercialização e a industrialização também tiveram elevações percentuais. Já em relação ao total das operações contratadas no período, as fontes controladas correspondem a 60% e a quase 100% no caso do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) e do Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor (Pronamp).

Fonte: Brasil 61

<< Matéria anteriorFluminense empata com o Junior Barranquilla e segue líder do seu grupo
Próxima matéria>>Polícia Federal e IBAMA fazem operação no Polo Moveleiro de Cruzeiro do Sul