O deputado Raimundinho da Saúde (PODEMOS) lamentou o acidente que envolveu três policiais militares na manhã desta terça-feira (11) e desatacou que as vítimas estariam perseguindo criminosos que assaltaram uma unidade de saúde no conjunto Jequitibá, na periferia de Rio Branco.

“Agora há pouco houve um assalto na unidade de saúde Jequitibá. Os policiais tentando capturar os assaltantes e capotaram a viatura e estão em estado grave. Quero me solidarizar tanto com os colegas e também com os policiais que estão prestando serviço no combate ao crime”.

Raimundinho da Saúde criticou as audiências de custódia. “Estamos muito preocupados com o índice alarmante da criminalidade em nosso estado. A preocupação aumenta quando escutamos relatos de policiais que afirma que não prendem mais alguns elementos”.

Segundo o deputado, um policial disse a ele que “um só elemento chegou a ser preso três vezes na mesma semana, quando ele estava na rua encontrava o meliante novamente. Quando o próprio policial se vê inoperante para aquilo que ele se formou, vamos pedir ajuda ao Papa? Só pode”.

Raimundinho disse que conversando com um juiz e perguntando porque tantas pessoas eram presas e soltas imediatamente, “o magistrado nos colocou que o sistema prisional não comporta mais ninguém. O sujeito pega 30 anos e não passa dois anos e meio e está solto. Fica a sensação que o crime compensa”, finaliza.

<< Matéria anteriorEM FEIJÓ: A piada mais escancarada da semana, que o frança não consegue acreditar
Próxima matéria>>Justiça Eleitoral de Feijó, cassa o mandato do Vereador Raimundo Dércio Barbosa do PSB