Com a privatização da Eletrobras e cobranças extorsivas de Energia elétrica, os consumidores do município de Feijó, seguem com fortes tendência de chegarem a beira de um abismo. Principalmente ao perceberem seus nomes incluídos nos órgãos de proteção ao crédito, diante da inadimplência junto a empresa distribuidora no Acre.

“Do jeito que vai, nós vamos ter que usar lamparinas, disse o senhor Raimundo da silva Fonseca, um dos consumidores revoltado com o alto custo de sua fatura’’

Com a situação piorando a cada dia, os indícios, indicam que maioria dos consumidores devam ficarem impossibilitados de manter suas contas em dia, ou até deixar de pagar definitivamente para não comprometer outras despesas prioritária da família.

<< Matéria anteriorEM FEIJÓ: Centenas de pessoas visitam os cemitérios no dia de finados
Próxima matéria>>Prefeitura de Feijó prorroga inscrições de concurso público com 103 vagas