Uma reunião, neste final de semana, com a presença do governador Gladson Cameli e lideranças de dez partidos fechou

questão sobre o apoio à sua reeleição. No entanto, ainda é possível que outros partidos venham compor a sua base eleitoral até o prazo limite das convenções partidárias no próximo dia 5 de agosto.

Progressistas, PSDB, Podemos, PDT, Solidariedade, Cidadania, Democracia Cristã, Brasil 35, Patriotas e PMN já decidiram que marcharão com Cameli. Outra deliberação foi sobre a escolha do nome que comporá como candidato a vice-governador na chapa.

O escolhido é o deputado federal Alan Rick (UB). Mas, como já foi amplamente divulgado pela imprensa, existem problemas internos no União Brasil que podem inviabilizar a escolha de Alan. Gladson espera que essa questão tenha um desfecho favorável nos próximos dias.

Mas caso as dificuldades políticas internas do União Brasil não sejam superadas e, portanto, o nome de Alan seja inviabilizado a coligação tomou uma decisão. Com o apoio de todos os partidos, Gladson Cameli terá a liberdade de escolher entre os partidos que compõe sua coligação o seu companheiro de chapa.,

<< Matéria anteriorVanda Milani acompanha o tradicional desfile da cavalgada de abertura da Expoacre 2022
Próxima matéria>>Rio Branco-AC bate Pacajus nos pênaltis e avança às oitavas de final da Série D