Você já sentiu que o desejo sexual pelo seu parceiro não é mais o mesmo? Você gosta de sexo, mas tem preguiça de começar? E o fato de você evitar o sexo tem gerado uma crise no casamento? A Dra. Nelly Kim dá mais detalhes sobre falta de desejo sexual.

A falta ou diminuição do desejo sexual pode gerar crises no relacionamento, insegurança, entre outros. Ter desejo sexual não é tão simples assim, além de vários fatores físicos, como alterações hormonais ou alterações do sistema nervoso, fatores ambientais também podem estar envolvidos. Portanto o primeiro passo é passar por uma avaliação médica para ver se está tudo bem com a saúde e para saber se não há nada interferindo negativamente no seu desejo.

Principais causas da diminuição do desejo sexual

  • Alterações hormonais, frequentes em problemas na tireoide, aumento de prolactina (que é o hormônio da amamentação) e uso de pílulas (que inibem a testosterona).
  • Doenças descompensadas, como diabetes ou hipertensão.
  • Alterações psicológicas, como depressão ou ansiedade.
  • Uso de medicações como antidepressivos, anti-hipertensivos, antipsicóticos, entre outros.

A duração do relacionamento e discordância de desejo entre homens e mulheres são condições que podem interferir também.

Por fim, o que fazer para aumentar o desejo sexual? Não trate o desejo sexual como algo que virá naturalmente. Em relacionamentos duradouros, ele é muito mais responsivo a estímulos do que espontâneo. Priorize o sexo, as mulheres que priorizam e pensam mais em sexo têm muito menos queixas de diminuição de desejo, lembre-se de realçar as qualidades do parceiro e não ser tão crítica, saiba que existe diferença de gêneros, por isso converse com seu parceiro e trabalhe o amor próprio, repare mais nas suas qualidades.

Fonte: Brasil 61

<< Matéria anteriorInundação pode ser maior que a de 2021, diz Defesa Civil sobre possíveis enchentes em 2022
Próxima matéria>>Holanda anuncia lockdown de 3 semanas para conter a Covid-19