Militares integrantes do 7° Batalhão da Polícia Militar do Acre (7º BPM/PMAC), por meio da 3ª Companhia Destacada de Feijó, prenderam um casal, entre eles um indivíduo apontado como líder de uma facção criminosa, que invadiram uma residência e a utilizavam para a prática de crimes. A ação ocorreu neste domingo, 8, no bairro Vitória, em Feijó.

Procurados na unidade militar, os militares receberam a denúncia de que a casa de um senhor que havia deixado sua residência para ir trabalhar na zona rural do município há cerca de um mês teria sido tomada por criminosos, os quais teriam ameaçado os moradores do bairro.

No local, um homem tentou fugir no momento da abordagem, mas foi impedido pela guarnição. Sua esposa também foi detida. No interior da casa, foram encontrados cinco pedaços de uma substância aparentando ser maconha, com o peso aproximado de 28 gramas, uma porção de pedra, supostamente crack, de aproximadamente 13 gramas, uma “trouxinha” de um pó branco, provavelmente cocaína, pesando 0.3 gramas, carretel de linha, além de R$ 441,50 em dinheiro, documentos pessoais do casal e cartões de crédito no nome de outra pessoa.

Ainda foram localizados na casa um simulacro de arma de fogo, 10 munições intactas calibre .380, marca CBC, três celulares, um chip avulso, um pen drive, um caderno com diversas anotações, provavelmente referentes ao tráfico de drogas, dois relógios de cor dourada e dois cordões nas cores prata e dourado de procedência duvidosa.

Ambos os envolvidos foram apresentados na delegacia local, bem como todos os itens apreendidos, para serem tomadas.

 

<< Matéria anteriorMercado de energia solar cresce e tende a aumentar ainda mais em 2022
Próxima matéria>>A consciência do eleitorado acreano é fundamental para eleição de Vanda Milani ao Senado da República