Após ouvir os três menores envolvidos na suposta tentativa de atear fogo na escola TOPPO GIGIO, o delegado de polícia de Feijó Dr. Obetânio, disse a nossa reportagem que os três menores tenham negado qualquer insinuação de incendiar o estabelecimento de ensino pré-escolar.

Mesmo diante dos depoimentos, terem sido negados, os agentes de polícia civil seguirão as investigações por acharem suspeitas as atitudes dos envolvidos portando uma garrafa de gasolina na calada da noite, tocando fogo em sacolas plásticas.

<< Matéria anteriorTentativa de suicídio Frustrada em seringal de Feijó
Próxima matéria>>O que cai na prova do concurso da PM do Acre