A deputada Vanda Milani(Solidariedade) esteve, nesta terça-feira(29) em Brasília, visitando a montagem da   estrutura da carreta móvel que será utilizada no Programa de Capacitação e Atendimento Ambiental Itinerante. A carreta – fruto de emenda individual de autoria da parlamentar (R$ 1,5 milhão incluso do Orçamento Geral da União/2019 e já liberado ao Estado -é constituída de uma unidade móvel com infraestrutura completa para atendimento ao produtor e realização de capacitações de técnicos e gestores municipais sobre políticas ambientais no Acre.

Segundo a deputada, a meta do projeto é desburocratizar o licenciamento ambiental e prestar um atendimento e orientações aos produtores rurais acerca do cumprimento da legislação ambiental nos municípios do Acre. Numa primeira etapa, a carreta vai percorrer 11 municípios das regionais do Alto e Baixo Acre. O Programa, de acordo com a parlamentar, vai oferecer também, por um período de 4 meses, serviços à população do interior como abertura de processos, vistorias, emissões de licenças e certidões de outorga, além do trabalho de atendimento à regularização fundiária.

Para a parlamentar, é um trabalho há muito desejado sobretudo pelos que moram no interior, das comunidades tradicionais e regiões isoladas, “que não precisarão vir à capital para solucionar seus problemas, já que a carreta leva a cada comunidade atendida a facilitação e possível solução dos problemas ambientais enfrentados”. Esforço conjunto 

O Programa de Capacitação e Atendimento Ambiental Itinerante reúne todas as instituições do Sistema Estadual do Meio Ambiente. Coordenado pelo secretário estadual do Meio Ambiente, Israel Milani, participam também do trabalho o Instituto do Meio Ambiente (Imac), Instituto de Terras do Acre (Iteracre), Secretaria de Produção e Agronegócio (Sepa) e ainda o Instituto Nacional de Colonização de Reforma Agrária(Incra). Com 80 metros quadrados de área interna, a carreta conta com estúdio de gravação, palco, som e painel LED.A idéia, conforme a deputada, é dar -além da capacitação e orientação ambiental- também um aspecto cultural e por isto mesmo os técnicos já estão contactando a Fundação Elias Mansour. “O Governo Gladson Cameli vai levar informação e orientação de fácil compreensão sobre a esfera ambiental, facilitando a vida de nossos produtores”, resumiu a parlamentar

 

<< Matéria anteriorDeputado Cadmiel vistoria obras da estrada que liga os municípios de Feijó/Envira
Próxima matéria>>Justiça do Acre determina apreensão de bens do ex-prefeito de Epitaciolândia e atual presidente do IMAC, André Hassem