SOS Acre: médico adere à campanha do MPAC e oferece atendimento voluntário à população de Feijó

A Campanha solidária “SOS Acre”, do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) e parceiros, segue ganhando a adesão de diversos apoiadores e colaboradores por todo o país. Entre tantas iniciativas, está a do médico Juscelino Santos, que aderiu à campanha e está atendendo voluntariamente a população atingida pela enchente no município de Feijó.

O profissional de saúde, que também é feijoense, conta que terminou recentemente a residência médica e antes de iniciar uma nova especialização decidiu ir ao município visitar a família. Ao se deparar com a situação dramática de seus conterrâneos decidiu pedir licença de seus compromissos em Rio Branco, para contribuir com a sua cidade levando uma das coisas que as pessoas mais precisam nesse momento: atendimento médico.

“Ao chegar aqui em Feijó me deparei com muitas pessoas buscando atendimento médico, se queixando de Covid-19, dengue. Eu comecei a atendê-los e logo vi que poderia fazer isso de uma forma mais ampla. Apesar de ter meus compromissos em Rio Branco, eu pedi para ficar aqui e dar apoio tendo em vista que a situação estava bem critica, não só pela Covid-19, pela dengue, mas também pelo risco de outras doenças que são provenientes de situações de alta vulnerabilidade, advindas da baixa dos rios. O MPAC através do doutor Lucivan [Nery] entrou em contato comigo para que a gente pudesse fazer esse trabalho e assim temos conseguido ajudar muitas pessoas”, conta o médico.

O profissional conta, ainda, que diversas situações foram identificadas, inclusive, caso de dengue hemorrágica, ao qual foram tomadas as providências necessárias para realizar o atendimento médico como tem que ser feito. “Fico feliz por poder colaborar com a população através da campanha. Estando aqui a gente consegue ajudar de forma ampla. Essa ação do MPAC que está atendendo a população carente é muito importante e me deixa feliz poder somar e ajudar nessa causa também”, finalizou.