“Trabalhamos a favor do Brasil” diz Vanda Milani ao frisar vacinas e tratamento de câncer com prioridades da LDO

“Trabalhamos a favor do Brasil” disse a deputada federal Vanda Milani ao frisar vacinas como prioridade na aprovação da Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO) ontem (15) no Congresso Nacional. “Garantir a vacinação da população brasileira foi uma ação estratégica pela vida. O Congresso se agigantou na aprovação de projeto, lei e diretrizes que ajudaram no combate a pandemia”, analisou a deputada.

Além de frisar a vacinação contra covid-19 como uma das prioridades de saúde pública, Vanda Milani falou da importância dos recursos para a ampliação de infraestrutura no tratamento oncológico, principalmente para quem depende da rede SUS para o tratamento. A deputada quer avanços no tratamento.

“O tratamento de câncer pelo SUS tem um modelo eficiente apenas no colo uterino. Outros tipos de câncer precisam avançar desde o diagnóstico precoce – uma das principais frentes de enfrentamento – até medicação e o acompanhamento dos pacientes. Em um momento tão delicado e importante da vida, ter acesso ao melhor deveria ser a prioridade de todos os envolvidos no processo”, analisou.

Na área da educação, a construção de novas creches recebeu voto da maioria. A deputada frisou que na região amazônica o número de crianças fora da escola nas séries iniciais é muito grande. O Plano Nacional da Educação (PNE) 2014-2024 tem como primeira meta ampliar a oferta de educação infantil em creches de forma a atender, no mínimo, 50% das crianças brasileiras de até três anos até o ano de 2024.

“É preciso mais ousadia nessa prioridade, um dos grandes desafios que estão postos hoje na educação brasileira é a construção de mais creches e pré-escolas, uma vez que temos um déficit muito grande no atendimento da educação infantil. Muitas mães precisam trabalhar para ajudar na renda familiar e dependem de boas creches para esse objetivo” disse.

Na área de recuperação econômica a garantia de recursos para a retomada de obras paralisadas é outra medida importante vista pela deputada. Para ela, a liberação desses investimentos para a continuidade de obras da construção civil terá impacto direto na geração de emprego e renda “fundamental para retomada do crescimento em todo o país”, argumentou.

Ainda de acordo a parlamentar, o momento é de muito diálogo e construção de uma agenda positiva que possa trazer o Brasil de volta ao crescimento. Ela aposta no aprimoramento das diretrizes na discussão e aprovação da LOA que será apresentada em agosto pelo governo federal.