Foi uma tarde de festa para mais de 300 idosos que receberam da deputada federal Vanda Milani (Solidariedade-Ac), um micro-ônibus com 21 lugares (três destinados a cadeirantes e acompanhantes), no Centro Referência do Idoso, em Epitaciolândia, na tarde de ontem (19). Ao chegar no encontro, a parlamentar foi conduzida para uma dança, uma maneira de dar boas-vindas. “Ela já era querida, agora se tornou mais uma de nós” disse dona Zezé, a idosa mais antiga do evento.

Através de uma emenda parlamentar no valor de R$ 400 mil, o município adquiriu o veículo para transportar os idosos e vai comprar ainda, um veículo Sprinter (com 7 lugares) para a secretaria de Assistência Social. “É um compromisso cumprido. Uma reivindicação antiga que eles recebem com muita alegria no dia de hoje. Com certeza isso vai ajudar na melhoria da qualidade de vida, nas viagens de turismo para outras atividades, no dia a dia deles”, disse a deputada.

A parlamentar foi homenageada com uma placa de honra pelo prefeito Sérgio Lopes que detalhou todo o esforço para que os recursos não fossem perdidos. “Sempre que vamos em Brasília somos bem recebidos pela doutora Vanda, isso demonstra o carinho e o compromisso que ela tem com o município, e hoje é momento de gratidão, em nome de toda população agradecemos o apoio dado através desse micro-ônibus à terceira idade. O recurso estava quase perdido, resgatamos com esforço do seu gabinete e de nossos técnicos. A emenda chegou com muita festa”, acrescentou o prefeito.

Outro recurso no valor de R$ 500 mil que foi perdido pela gestão passada, será novamente alocado através de emenda parlamentar garantido pela deputada. O investimento é para construção de uma Casa de Apoio ao produtor rural. Emocionada com a calorosa recepção, Vanda Milani disse que “a terceira idade é uma benção de Deus, anos vividos, experiência de vida e a garantia das transferências de conhecimentos as futuras gerações, dignidade, honra, amizade e paz infinita”, concluiu.

 

<< Matéria anteriorVanda Milani defende setor rural forte durante oitava edição do carreta ambiental em Acrelândia
Próxima matéria>>Dia da Consciência Negra: profissionais negros podem receber até 34% a menos no trabalho