A prefeitura de Epitaciolândia recebeu um micro-ônibus para transporte da 3° idade ao Centro do Idoso local. O veículo tem capacidade de transporte de 21 passageiros, incluídos 3 cadeirantes com direito a 1 acompanhante cada. A aquisição do micro-ônibus-orçado em R$ 288 mil-foi graças a emenda individual no valor de R$ 400 mil da deputada Vanda Milani(Solidariedade). O restante dos recursos vai ser utilizado na aquisição de um veículo tipo Spin (que já está sendo licitado), com capacidade de transporte de 7 passageiros que será também utilizado pela Assistência Social do município para transporte do idoso.

“A 3° idade de Epitaciolândia que frequenta o Centro do Idoso está imensamente grata à deputada Vanda por este benefício”, garantiu o prefeito Sérgio Lopes. Fundado há mais de 15 anos, o Centro do Idoso de Epitaciolândia tem mais de 300 pessoas cadastradas. Cerca de 70 idosos participam, toda semana, das atividades do Centro que incluem educação física, hidroginástica e dança, dentre outras. “Os veículos garantidos pela deputada Vanda Milani ao Centro do Idoso vão garantir também a integração dos nossos idosos com os demais municípios de nosso Estado, concluindo que já tem uma excursão marcada para Xapuri, onde nossa 3° idade vai poder se congratular com os idosos daquele município”, lembrou o prefeito. O micro-ônibus já se encontra no município e vai ter sua entrega oficial no próximo dia 19(sexta-feira).

Resgate

Segundo Dra. Vanda, a emenda de R$ 400 mil-utilizada na aquisição dos veículos- já havia sido depositada na conta da prefeitura de Epitaciolândia desde de julho desde de julho de 2020. “Entretanto, só agora foi devidamente aplicada e tornada realidade pelo empenho do prefeito Sérgio Lopes”. Para a deputada, assegurar benefícios à 3° idade garante bem-estar dentro da família, estimula os vínculos entre as gerações, proporciona engajamento social e evita situações de isolamento, “contribuindo para a valorização desse segmento extremamente importante de nossa sociedade que não pode ser esquecido”.

A deputada finalizou reafirmando que contribuir para saúde, lazer, turismo e conforto daqueles que chegaram à 3° idade, já tendo cumprido o seu papel social de filhos, pais, trabalhadores que contribuíram com seu labor para o progresso e desenvolvimento de nosso Estado e País, é o mínimo que um parlamentar pode fazer para retribuir e contribuir com nossa população idosa, “da qual orgulhosamente faço parte”.

<< Matéria anteriorAcre adere a rede mundial de projetos sustentáveis
Próxima matéria>>Caixa anuncia linha de crédito para energia solar voltada a pessoas físicas