Vanda Milani trabalha para incluir pescadores no programa de Aquisição de Alimentos

A deputada federal Vanda Milani (Solidariedade-Ac) iniciou na manhã de hoje (18) na sede do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) do Acre, em Rio Branco, as tratativas e alinhamentos para a inclusão de pescadores artesanais e populações ribeirinhas no Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).

Junto a Superintendente da CONAB, Alessandra Ferraz, Vanda Milani destacou a importância de melhorar a situação econômica e social dos pescadores artesanais e das populações que vivem nas margens dos rios em todo o estado do Acre.

“Essas categorias merecem um olhar diferenciado por parte do governo federal. No que depender do nosso empenho, vamos continuar trabalhando para melhorar a qualidade de vida de todos” garantiu.Vanda Milani relatou as dificuldades enfrentadas pelos pescadores e ribeirinhos durante a pandemia, enfrentando os impactos econômicos gerados pela crise financeira e a escassez do pescado. A inclusão visa beneficiar os pescadores artesanais e ribeirinhos com a garantia de compra de sua produção através do PAA. Para a deputada, os alimentos podem ser aproveitados regionalizando a merenda escolar.

Impacto econômico

Vanda Milani destaca que essa iniciativa também contribuirá para melhorar a situação econômica e social dos pescadores artesanais e aqüicultores familiares, que convivem com uma realidade de baixa rentabilidade. A parlamentar lembra que, de acordo com informações de governos estaduais, cerca de 70% dos pescadores artesanais brasileiros buscam auxílio no seguro-desemprego para a compra de alimentos. Essa categoria, ao mesmo tempo, é responsável por 50% da captura de pescado no País (em torno de 400 mil toneladas/ano).“Estamos tratando de um produto de elevado valor nutricional, essencial para a política de assistência às camadas da população em estado de subnutrição e de insegurança alimentar”, analisou a deputada.