O prefeito de Feijó, Kiefer Roberto, chega ao último semestre de 2021 sem ter cumprido 10% das promessas feitas durante a campanha eleitoral de 2020. Essa foi a avaliação do vereador Ronaldo (PSD) durante a sessão plenária desta terça-feira (05), na Câmara Municipal de Feijó.

As principais promessas feitas pelo prefeito Kiefer Roberto Cavalcante (PP), durante a campanha eleitoral de 2016 e 2021, ficaram mesmo só nas páginas do seu plano de governo. Mesmo tendo em suas mãos um orçamento de R$ 68 milhões em 2021, o maior à disposição de um gestor, o progressista está deixando obras e serviços essenciais que melhorariam a vida da população.

A área da saúde, o parlamentar, exemplifica bem essa situação. Entre as principais promessas de campanha estavam a contratação de médicos especializados para suprir os anseios da população, além de medicamentos de laboratórios mais eficazes.

Ronaldo disse que já vem reclamando da falta de organização da atual gestão. Quem está sofrendo são as comunidades rurais que precisam ser melhor atendidas. Além disso, disse ainda que o produtor não tem recebido os incentivos que ajudem a melhorar sua renda, por isso são obrigados a abandonarem suas localidades para se aventurarem na zona urbana do município. “O que começou errado, continua errado”, disparou.

 

 

 

 

<< Matéria anteriorRegras mais duras para 2022 vai complicar a reeleição de vários deputados no Acre
Próxima matéria>>Auxílio Emergencial – Governo notifica 627 mil pessoas