Os vereadores Charles Lima Guimarães (PP) e Ronaldo Reis (PSD) denunciaram da tribuna da câmara municipal de Feijó, na sessão desta segunda-feira, 28, as condições precárias das escolas da zona rural, principalmente os estabelecimentos de ensino, situados no auto rio Envira. Em ações de fiscalização, os parlamentares flagraram situações absurdas, como a de uma fossa a céu aberto, que seus seus entendimentos fere a dignidade desses estudantes. “Esses esgotos podem transmitir doenças de diversas formas, principalmente com o contato da pele com a água suja além de moscas que pousam nesses locais e depois pousam em alimentos nas casas. O contato com o esgoto pode causar doenças como hepatite A, cólera, febre tifoide, diarreia aguda, entre outras”

.Os vereadores que foram até a escolas para ver a situação ficaram estarrecidos, ” Imaginemos que era uma situação de agora, algum problema atual, mas a situação que vimos é que há muito tempo o problema existe e embora tenham sidos comunicados ao poder executivo municipal e nada foi feito para solução dos problemas”, disseram os vereadores.

Nas diversas visitas que fizeram as escolas da zona rural, os vereadores feijoenses constataram ainda; escolas totalmente deterioradas, cacimbas tomadas por entulhos, além de Caixa d’Água exposta a natureza. Indignados os vereadores, devem recorrerem aos setores responsáveis pela educação do município ou até pedir abertura de uma comissão para investigar a má versão do dinheiro publico

 

 

 

<< Matéria anterior“Madrinha dos municípios” Deputada federal Vanda Milani destina mais de R$ 36 milhões para desenvolvimento regional do Acre em 2022
Próxima matéria>>Bolsonaro dá entrada em hospital de Brasília após se sentir mal