O Atlético-AC deu a saída de bola sabendo que era uma partida extremamente importante para fechar o primeiro turno na liderança, e sabendo disso, começou a agredir o ABC cedo, logo aos 4 minutos de partida, Tauã finaliza com perigo. O primeiro tempo foi praticamente todo do Galo que barrava as investidas do ABC ainda pela intermediária e avançava com velocidade, sempre apresentando perigo com um afinado quarteto de ataque formado por Tauã, Eduardo, Rafael e Neto, este primeiro abriu o placar aos 23 minutos, resultado que se manteve até o fim da primeira etapa.

No início da segunda etapa o ABC ensaiou uma reação, mas foi por pouco tempo, logo o Galo retomou o domínio do jogo e aos 16 minutos ampliou o marcador do Eduardo, que recebeu de Rafael Barros em bela jogada do camisa 9 celeste. O Atlético-AC continuou pressionando e o jogo foi se desenhando para mais um gol da equipe acreana, que não demorou a sair dos pés de Rafael Barros, destaque da partida, ao lado do Eduardo, que retribuiu o centravante com um belo passe. Daí então, foi só administrar a partida, manter a posse de bola e esperar o apito final em um jogo que o Alvinegro potiguar pouco produziu.

Isolado na liderança na última partida do segundo turno, o Atlético-AC fica a três pontos do segundo colocado, que é o Confiança. Já o Alvinegro se mantém na terceira colocação pelo menos até a próxima segunda (11), quando o Salgueiro recebe o Santa Cruz. Ambas equipes podem passar o ABC em caso de vitória.

<< Matéria anteriorJuventus de Feijó não viaja para disputa da Taça Brasil em Teresina e recebe punição
Próxima matéria>>Homem é assassinado com 3 tiros após esfaquear ex-mulher em Rio Branco