Clubes do Acre na série D terão ajuda de R$ 360 mil do governo

Enquanto Galvez e Atlético, os dois times do Acre no campeonato brasileiro da série D, se reforçam com jogadores de outras regiões, o governo do Estado fortalece o caixa dos clubes para a disputa da competição que começa no próximo dia 6.

Nesta terça feira, o diretor de Esportes da Secretaria de Educação, Júnior Santiago, confirmou que o governo vai liberar R$ 180 mil para cada uma das agremiações, uma ajuda financeira superior ao valor repassado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que foi de R$ 120 mil. Essa ajuda foi determinada  do governador Gladson Cameli, que no início do ano já havia autorizado o repasse de R$ 180 mil reais para essas equipes que disputaram a Copa Verde.

Em janeiro o governador Gladson Camelí autorizou o repasse de R$ 180 mil para os três clubes do Acre que disputaram a Copa Verde Foto: Odair Leal/Secom

“Sei da importância para cada categoria. Esse ajuda vai motivar todo mundo. Nunca aconteceu de premiar a categoria sub 11. A distribuição foi muito boa e vem em um momento importante, fortalece nosso futebol, é um socorro que a gente precisa”, disse o presidente do Galvez, Edner Franco.

O projeto total de fortalecimento do futebol profissional e amador é de R$ 1 milhão de reais, e deve ser assinado pelo chefe do executivo estadual nos próximos dias em um encontro que deve ter com os representantes dos clubes.

Pela proposta já aprovada, cada um dos 9 clubes que irão disputar o campeonato profissional, vão ser  contemplados com R$ 30 mil. As categorias de base e o futebol feminino também estão inclusas no projeto. “É uma ação institucional do governo. O departamento de esportes vai fiscalizar e a Federação será repassadora dos recursos para os clubes”, explicou Santiago.

Clubes estreiam domingo na série D

Atlético e Galvez estreiam no mesmo dia na competição. O Galo joga em casa, no Florestão contra o São Raimundo de Roraima. O Galvez vai até o Pará encarar o Castanhal na cidade de mesmo nome.