Indicada por seu partido, o PROS, a partir desta quarta-feira(27) a deputada Vanda Milani é membro titular da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania(CCJ) da Câmara dos Deputados. Considerada a mais importante, cobiçada e de maior visibilidade das comissões permanentes existentes no Parlamento,  a CCJ concentra a análise de qualquer proposição (independente do tema) que para ser aceita tem que passar pelo crivo desta comissão, funcionando como um verdadeiro controle preventivo no processo de criação da lei ainda enquanto projeto.
È uma honra muito grande participar da CCJ e poder contribuir no andamento e bom desempenho de suas atribuições  legais”, disse a deputada. Para tanto, Vanda Milani vai fazer uso de uma sólida formação jurídica adquirida como advogada militante e sobretudo como promotora pública  e procuradora de justiça  do Ministério Público do Acre(MP/AC),onde em razão  de seu desempenho alcançou o posto de Procuradora-Geral de Justiça .”Será um grande desafio. Afinal é na CCJ onde são discutidos e analisados  os grandes projetos nacionais que vão impactar diretamente na vida de todos os brasileiros. Espero estar à altura das expectativas e honrar o voto dos acreanos que tornaram possível galgar a um posto tão proeminente ”, afirmou a parlamentar.
Composta por 66 deputados (entre governistas e oposição), a CCJ se caracteriza pela grande quantidade de funções e absoluta relevância no processo de aprovação das leis. “Sem dúvida alguma, integrar a CCJ é um orgulho para qualquer integrante do Congresso Nacional  e marca o reconhecimento  do trabalho parlamentar, expertise política, articulação entre os pares e o coroamento do esforço dispendido. Quero colocar todo meu empenho e dedicação no cumprimento a contento desta nova função que, tenho certeza, tanto vai  me gratificar “.

Meio Ambiente

Devido a um trabalho reconhecidamente marcante, Vanda Milani foi ainda reconduzida, como titular, à Comissão do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (CMADE) que tem, dentre as principais atribuições, tratar da preservação ambiental e exploração sustentada, temas extremamente importantes para o Acre.

Aliás, em razão de  recursos provenientes de emenda  da deputada, o Estado foi um dos pioneiros no trabalho em campo graças à Carreta Ambiental, um projeto que, sob a coordenação da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, trabalha junto a  produtores rurais e comunitários, atendendo nas áreas de licenciamento ambiental e fundiário, bem como outorgas e capacitação para gestores dos municípios. ”O Acre está na linha de frente da questão ambiental e desenvolvimento sustentado e, no que depender de nossos esforços, continuaremos na defesa da utilização sustentada dos nossos recursos naturais que garantem progresso, desenvolvimento e bem estar de toda  nossa gente”, finalizou.

<< Matéria anteriorCom mais duas mortes, Acre contabiliza 2 mil óbitos pela Covid nesta segunda-feira (25)
Próxima matéria>>Raia manta encalha em praia de SP e recebe ajuda para retornar ao mar